Curso de Química Bacharelado

Os Cursos de Química da UFSM tiveram origem no Curso de Química Licenciatura sediado na faculdade agregada de Filosofia, Ciências e Letras, criada pela lei federal n° 3958, de 13/09/1961. Em 1969 o curso sofre uma atualização curricular e foi reestruturado na UFSM como curso de Química, o qual atribuía o grau de Licenciatura em Química, mas incluía as matérias ditas Tecnológicas. Em 1974 o curso de Químico através do processo n° 37854/1974 alterou sua nomenclatura para o curso de Química Industrial.

Em 2005 foi proposto o Curso de Graduação em Química-Bacharelado, que em seu Projeto Político Pedagógico colocou áreas de ênfase coincidindo com o potencial dos grupos e linhas de pesquisa e extensão. Tal proposta, em seu bojo, visa evitar o isolamento científico do pesquisador, muitas vezes confinado em setores monoepistêmicos. O programa de graduação prevê a participação dos docentes, tanto nos níveis pedagógicos do curso quanto nos projetos concretos, contemplando as atuações interdisciplinares, influindo no perfil-docente que atua na graduação, como na integração social, pedagógica e cultural dos elementos envolvidos na formação profissional. Nesta linha de atuação, mencionamos atividades tutoriais como monitoria, seminários e participação em programas de iniciação científica. Estas atividades são formas atuais para agregar valores sociais, éticos e técnicos que exemplificam e dimensionam a importância do projeto pedagógicos do curso de química.

 

RECONHECIMENTO DO CURSO
Parecer nº 281/1962 do CEF
Decreto nº 76.210 de 04/09/1975
Legislação que Regulamenta a Profissão Lei 2800/1956
Resolução 1511 de 12/12/1975 – CFQ
CEPE reunião 08/2005 sessão 664ª (10/06/2005) e no Conselho Universitário na 647 reunião no dia 17 de Junho de 2005 aprovado para iniciar 1 semestre de 2006.